Nos perdemos na nossa própria insegurança ou em seguranças que pensamos existir. Nos perdemos em mentiras que fazemos pela vida, achando que estamos conseguindo enganar a alguém, mas o que não percebemos é que estamos enganando a nós mesmos, acreditamos tanto nisso que acabamos fazendo escolhas pelas mentiras ou nos perdemos dentro delas. Então uma hora pensamos, será que tudo que aconteceu até agora foi uma mentira? Nunca existiu?

Nos perdemos nessa mar de indecisão que a nossa vida fica, mas sabemos que no final tudo fará algum sentido, todas as escolhas, todos os sentimentos e todas as dores que sentimos, mesmo sabendo que agora nada disso faz realmente algum sentido.

brunfonseca